Qual a importância da indústria têxtil no Brasil e o que representa? – FEBRATEX – Feira Brasileira para a Indústria Têxtil

Qual a importância da indústria têxtil no Brasil e o que representa?

A importância da indústria têxtil no Brasil pode ser comprovada por números. Dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e da Confecção (Abit) apontam que o setor representa 16,7% dos empregos no país. Além disso, é uma área de mais de 200 anos que gera muitos negócios e vem solidificando a moda brasileira, que é a maior cadeia têxtil completa do Ocidente.

Conforme informações do Comitê da Cadeia Produtiva da Indústria Têxtil, Confecção e Vestuário (Comtextil) da Fiesp, existem 27 mil indústrias do segmento no país. O melhor é que as perspectivas para o futuro são muito positivas. É esperado que o mercado da moda desenvolva 3,1% ao ano até 2021.

Quer entender melhor a importância da indústria têxtil no Brasil para o mercado e para a sociedade? Continue a leitura! Saiba, neste post, quais as razões pelas quais investir no setor é uma boa ideia.

Conheça a história da moda no Brasil

A história da moda brasileira começa ainda na época da Colônia. O país, há mais de 500 anos, herdou a cultura europeia. Ela chegou aqui por meio dos portugueses, mas as gritantes diferenças de clima entre as regiões mostraram que havia uma forte inadequação.

Naquele momento, a indumentária era estruturada por tecidos que, em suas diferenças, indicavam classes sociais. Até mesmo as cores e a variação de complexidade entre tingimentos era um indicativo de riqueza ou pobreza. Da mesma forma, o nível de detalhamento, entre bordados e aplicações, também era um claro sinal de status.

Momento de adaptação: roupas mais leves e adequadas ao país tropical

Com o passar das décadas, as roupas começaram a perder volume e estrutura — em uma junção das referências estéticas que ainda eram colhidas da Europa, com a necessidade de adequação ao clima nacional. Ainda assim, toda e qualquer moda era pouco acessível.

Mas foi com a Primeira Guerra Mundial que a moda do planeta se reformulou. Para o Brasil, por volta de 1900, começaram a surgir as primeiras confecções nacionais. Pode-se dizer que ali nasceu a indústria têxtil brasileira, que tentava se adaptar à escassez de tecidos e aviamentos. Ou seja, foi uma mistura de necessidade com oportunidade. Hoje, o valor do setor têxtil para o Brasil é de grande relevância! Explicaremos melhor a seguir.

Entenda a importância da indústria têxtil no Brasil

A indústria têxtil e a moda caminham lado a lado. Com a revolução industrial e o desenvolvimento de novas tecnologias, as possibilidades se multiplicaram. Atualmente, a cada dia surgem novas tendências, maneiras de otimizar a produção e potencializar os resultados. Por isso, o segmento está sempre passando por transformações.

Para o empresário brasileiro, motivos para acompanhar o desenvolvimento da indústria têxtil não faltam. Ainda de acordo com a Abit, o Brasil é o quarto maior produtor e consumidor de denim do mundo. Além disso, o país:

  • é o quarto maior produtor de malhas do planeta;
  • ocupa papel de referência mundial em beachwear, jeanswear e homewear.

O que se percebe é que a importância da indústria têxtil no Brasil se dá pelo seu impacto na economia. Outro ponto relevante é que o setor potencializa as oportunidades de empregabilidade. Mas, ainda assim, para se manter competitivo, é indispensável conhecer as novas tecnologias e ter uma visão estratégica da área.

As possibilidades da cadeia têxtil para o Brasil são diversas. O país responde por 2,4% da produção mundial de têxteis. Mas o que é preciso fazer e conhecer para desempenhar bem e se destacar no segmento? Falaremos sobre isso a seguir.

Saiba o que esperar das tendências da indústria têxtil no Brasil

A relevância da indústria têxtil no Brasil fica clara com os números já apresentados. Por isso, o empresário que quer conquistar bons resultados precisa estar preparado para acompanhar a retomada do setor. Como isso é possível? Por meio do conhecimento. Dominar as tendências da cadeia têxtil e saber como utilizá-las são grandes diferenciais.

Separamos alguns pontos que todo empresário da moda no país precisa conhecer e acompanhar em tempos de transformação digital.

Nanotecnologia

A nanotecnologia é uma tendência que, no setor têxtil, possibilita a utilização de tecidos inteligentes. São roupas com proteção dos raios UV, além de materiais que aumentam a sensação de frescor (ideias para o clima brasileiro) e itens de moda com bactericidas.

Ou seja, a nanotecnologia faz com que a cadeia têxtil ganhe uma funcionalidade que vai além do campo estético. Afinal, os produtos são pensados para melhorar a vida e a rotina dos usuários. Mas essa é apenas uma das possibilidades da indústria têxtil no Brasil.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é outro ponto em alta na cadeia têxtil. Fibras e tecidos reciclados, entre outras iniciativas, são fruto da busca pela redução de descartes, além da economia de água e diminuição dos gastos com energia elétrica.

O cuidado com o meio ambiente marca uma nova era para a moda no Brasil e no mundo. É uma prática que combina a preservação de recursos naturais com a lucratividade. Para isso, é interessante participar de feiras e movimentos que abordem boas práticas e técnicas sustentáveis na moda.

Impressão digital

A impressão digital têxtil é capaz de melhorar as entregas aos clientes, reduzir o gasto de tintas e entregar resultados mais ágeis. A técnica substitui o formato manual e, por isso, permite a personalização em massa de produtos de moda.

Tecnologia

A transformação digital na indústria têxtil está afetando diretamente os maquinários e a forma de trabalho dos colaboradores. Tarefas repetitivas estão sendo automatizadas e é possível reduzir custos por meio de tecnologias que cumprem algumas demandas antes elaboradas por pessoas.

Isso não significa que as máquinas vão substituir os humanos, muito pelo contrário. É possível perceber que entre várias tendências, a internet das coisas (IoT) também vai permitir melhores entregas. A coleta de dados e a digitalização podem aumentar ainda mais a importância da indústria têxtil no Brasil.

Enfim, investir na cadeia têxtil é algo promissor. Para tal, é indispensável acompanhar as novidades e as informações relevantes do mercado. Com a participação em feiras do setor, é possível ficar por dentro de tudo o que há de mais relevante na área. Da mesma forma, ganhar visibilidade no mercado e fazer networking.

Ao final deste texto, você conseguiu entender melhor a importância da indústria têxtil no Brasil? Curta a nossa página no Facebook! Fique de olho nas notícias relevantes para o profissional que atua na cadeia da moda.

Translate »